12 setembro, 2010

Save me



As palavras me sufocam e eu não posso respirar
Eu tento gritar, mas ninguém escuta.
Estou te chamando
Não vai me ajudar?

Você é a única pessoa capaz de me salvar
Mas parece que gosta de me ver gritar
Você tira sarro da minha dor
E ainda me chama de amor

Eu quero ter raiva, quero te odiar
Quero te esquecer, deixar isso pra lá
Mas mesmo não estando, estou presa a você
Como pode isso? Espero o anoitecer

Antes de dormir perco horas pensando
O que eu faço, qual é o próximo plano?
Não tem plano, não tem lógica
É, esse é o fim da história.

Nenhum comentário:

Postar um comentário